DESAFORO

Acordei pesado, cansado
arrastei-me por horas
puxei uma bola de ferro
preso ao tornozelo toda manhã
quando não aguentava mais
peguei o telefone e teclei
o número indesejado
e no primeiro alô!
disse bem calmo,
pau-sa-da-men-te:
¨Vai pra puta que te pariu!¨
Bati o telefone e a carga sumiu.
agora estou leve como pluma.

Nenhum comentário: