Arteiro






Desconstruo tudo
bagunço o mundo
descoloro o céu
embaraço o mar
só pra ter o prazer
e o trabalho
de fazer de novo.

13 comentários:

isa disse...

E que bem que refaz tudo,deliciando quem lê vc,quem encontra matéria para pensar e descontruir....
Beijo.
isa.

Rô... disse...

oi meu amigo,

e o melhor de tudo é que
a sua reconstrução encanta...

beijinhos

Majoli disse...

Paulo, bom demais ser arteiro assim, proporcionando prazer ao nosso âmago.

Achei a imagem tão original, jamais assim sem cor, casou perfeitamente com o teor de suas palavras.

Espero que esteja tudo bem contigo meu amigo.

Beijos de uma deliciosa quinta.

Ivone Poemas disse...

Linda reconstrução!
Amo reconstruir e também ter o prazer de vir aqui, abraços amigo Paulo Francisco!

Cris Campos disse...

Ah seria demais se assim pudéssemos.. que delícia! Gr. Bj.!

Luna disse...

os monges também constroem mandalas e quando acabadas as destroem só para ter o prazer de continuar de novo, e assim cultivam a paciência
bjus

Solange disse...

e a nova reconstrução não cabe mais no espaço da anterior..

bjs.Sol

MARILENE disse...

Isso é belo porque a cada reconstrução colocamos um novo pedaço de nós. Bjs.

Catia Bosso disse...

Fazer de novo é uma chance começar tudo novo.



bjsMeus

Catita

Catia Bosso disse...

Fazer de novo é uma chance começar tudo novo.



bjsMeus

Catita

✿ chica disse...

Saber reconstruir é importante.Legal!abração,chica

Vera Lúcia disse...


E é tão saboroso fazer de novo. O resultado sempre faz uma enorme diferença.
Legal demais da conta, uai!
Adorei a imagem.

Beijo.

Simone MartinS2 disse...

Boa tarde Paulo.
"...e na hora de refazer, reconstruir,pode me chamar que eu te ajudarei."
Abraços