Tempo

texto



Momento de certeza - presteza
Calmaria invadida -  inquietude adormecida
Momentos meus – egoisticamente meus
definitivamente meus  - levianamente meus
e somente meus e de mais ninguém.
Portas e janelas fechadas - campainha desativada.
Momento de certeza – lhaneza.
Crasso ou não
há verdades a serem ditas - doa a quem doer.
Parto aos braços do verão
e quem sabe um amor licencioso até o carnaval.
Uma bela menos fera mulher.
Um talvez na incerteza do ter.
Um quem sabe na certeza do ser.
Parto no colo da brisa vadia
Busco o silêncio perdido
mas, que não  seja a solidão.
Momentos de clareza - certeza no coração.









10 comentários:

Majoli disse...

Boas férias meu querido amigo!!!
Puxa, vou ficar um ano sem te ver?
rsrsrs

Aproveite bastante, viu?
Sentirei saudades.

Como diz você, hoje digo eu, beijo grande, do tamanho das férias...rs

És um amigo especial.
Cuide-se e seja feliz, muito feliz.

lis disse...

Ainda bem que reconhece_ Muito egoisticamente, seus!
e eu como fico do lado de cá? a nas madrugadas quando te procurar? rs
se tens tanta certeza vá ser feliz!ok? rs
Oi Paulo, isso é só pra desanuviar...
boas férias_ bem poderia passar por aqui ou por lá pra brindar o ano novo,
que tudo seja como quiseres-
vou repetir _quero-te feliz!
e que entre panetones castanhas e vinhos lembre dos amigos das madrugadas solitárias,e levante o copo ok?
com meu abraço e beijo

SOL da Esteva disse...

Tempo é espaço que passa ao sabor do tempo...
E como corre.
Quando acordares, noutro tempo, não terás concretizado o que agora projectas.
De qualquer modo, isso são as Férias que o Espírito te concede: não ter tempo para pensar nisso.
Parabéns pelo Poema e muito boas Férias e Festas (Natal incluído).



Abraços


SOL

Simone MartinS2 disse...

Boa noite Paulo!
Va viajar nas asas do tempo.
Va, mas va sem medo de se jogar
nos braços do arco iris, de lamber
as gotas da chuva e engolir as brisas. Deixe o Sol lhe tocar e aquecer teu coração, deixe que a Lua junto das estrelas, te ame e te encha de paixão...Divirta-se, pois a alegria de estar vivo e saudavel,
são meritos seus...Com a proteç~~ao de DEUS! Bjinhos e aguardaremos a tua volta!

Graça Pereira disse...

Hoje passo para te desejar um Feliz Natal e um 2013 em GRANDE!
Beijo
Graça

may lu disse...

“Em algum lugar sobre o arco-íris
Pássaros azuis voam,
E os sonhos que você sonhou
Sonhos realmente se tornam realidade.”
Que as suas energias iluminem o seu caminho e tragam um novo amanhã!
Desejo-lhe um feliz natal e um abençoado ano em 2013.
Beijos!

Vera Lúcia disse...


Olá Paulo,

Aproveite estes momentos tão teus.
Sentirei saudade.

Que seu Natal seja de paz e luz e que o Novo Ano traga-lhe grandes inspirações, muitas alegrias e muitos sonhos concretizados.

BOAS FÉRIAS! BOAS FESTAS!

Beijo.

lis disse...

Oi Paulo
Saudades!
Deixo meu abraço desejando um doce Natal,
e que volte logo que possa ,ok
Uma linda entrada para 2013,. muita Paz ,saúde e amor.
beijinhos

isa disse...

Paulo, meu querido Poeta,ñ quero deixar de lhe fazer uma visita nesta
Noite de Natal.
Dizer que os Amigos trago-os sempre junto ao coração.
Beijo.
isa.

Irene Freitas disse...

Conheço bem esses momentos...tenho-os várias vezes...e isso não é egoismo...é reflexão...boas férias para você...andarei também em prais...caminhando ao encontro...talvez...e também encontre um amor licencioso, que pode ser do passado...há sempre a "incerteza do ter"...mas na "certeza do ser" no coração de quem eu encontrar...beijos de montão. Tenha férias "inesquecíveis"