Mudança







Circunstancialmente parto
em setembros floridos
manhãs amarelas
tardes prateadas
e noites marinhas.
Transitivamente parto
em ventanias
descanso em calmarias
e sonho deitado em tapete
mágico.
Obliquamente parto
em setembros floridos
em busca de dezembros quentes
 - Eu parto simplesmente.

9 comentários:

Maria Luiza disse...

Paulo, mas que capacidade é essa de trabalhar com as palavras e transformá-las em lindos poemas para nos delirar, sim, porque eu deliro com essa arte, principalmente com a sua, viu? São como águias que lá nas alturas, no infinito azul, planam suaves e belas, donas de si! Grande abraço!

Audrey Andrade disse...

O melhor de partir é poder chegar sempre onde desejamos! Que suas partidas sejam ótimas, mas que suas chegadas sejam brindadas com amor e alegria!

Lindo poema!

Anônimo disse...

E volte magicamente!
Beijo.
isa.

maria teresa disse...

Partir é ir em busca de Alguém, de novos odores, diferentes sabores,...
Abracinho meu!

Catia Bosso disse...

Um 'partir' meio dolorido ... daqueles de quem quer mesmo ficar nos novembros esnobes...


bjsMeus
Catia

Anônimo disse...

Enfim, de alguma maneira você parte, e se não tiver motivos você os inventa.
bjks doces e uma boa semana Paulo Francisco.

Rô... disse...

oi meu amigo,

o bom é que sua partida tem volta com data marcada...

beijinhos

*Escritora de Artes* disse...

Que belo texto querido amigo,

Parta e volte quantas vezes for preciso...

Bjos

luna luna disse...

vamos partindo chegando e caminhamos dando voltas pelo mesmo lugar
beijos