Mudança







Circunstancialmente parto
em setembros floridos
manhãs amarelas
tardes prateadas
e noites marinhas.
Transitivamente parto
em ventanias
descanso em calmarias
e sonho deitado em tapete
mágico.
Obliquamente parto
em setembros floridos
em busca de dezembros quentes
 - Eu parto simplesmente.

9 comentários:

Maria Luiza disse...

Paulo, mas que capacidade é essa de trabalhar com as palavras e transformá-las em lindos poemas para nos delirar, sim, porque eu deliro com essa arte, principalmente com a sua, viu? São como águias que lá nas alturas, no infinito azul, planam suaves e belas, donas de si! Grande abraço!

Audrey Andrade disse...

O melhor de partir é poder chegar sempre onde desejamos! Que suas partidas sejam ótimas, mas que suas chegadas sejam brindadas com amor e alegria!

Lindo poema!

isa disse...

E volte magicamente!
Beijo.
isa.

maria teresa disse...

Partir é ir em busca de Alguém, de novos odores, diferentes sabores,...
Abracinho meu!

Catia Bosso disse...

Um 'partir' meio dolorido ... daqueles de quem quer mesmo ficar nos novembros esnobes...


bjsMeus
Catia

#*Marly Bastos*# disse...

Enfim, de alguma maneira você parte, e se não tiver motivos você os inventa.
bjks doces e uma boa semana Paulo Francisco.

Rô... disse...

oi meu amigo,

o bom é que sua partida tem volta com data marcada...

beijinhos

*Escritora de Artes* disse...

Que belo texto querido amigo,

Parta e volte quantas vezes for preciso...

Bjos

luna luna disse...

vamos partindo chegando e caminhamos dando voltas pelo mesmo lugar
beijos