Água na boca



Na contra mão da fábula
há uma nova  estória
- a perereca sapeca
levada da breca
quer se transformar
em cinderela.
Mas quem tem coragem
de beijar a fria boca
da olhuda de pernas tortas?
Tadinha!
Sozinha, permanece pulando
de lagoa em lagoa como boba
a olhar desconfiada
na esperança
do amor da outra.

2 comentários:

#*Marly Bastos*# disse...

A esperança é a ultima que morre e se um sapo conseguiu uma princesa pra beijar sua bocona, pq a perereca não iria arranjar?? Se eu fosse ela insistiria sim.
bjks doces

isa disse...

Fechar os olhos,suster a respiração e
tentar!Quem sabe se ñ vira príncipe?
Bom resto de sábado.
Beijo.
isa.