Eu lírico





Um telefonema
Um dilema

Uma conversa
Uma prosa

Veste-se de forte
Protege-se em aço


Disfarça
Desvia

Fala-escuta
Escuta-fala

Declaram-se
Declamam-se

Um telefonema
Um adeus

Um adeus
Uma certeza

Não terminou

...

Poesia

7 comentários:

Maria Luiza disse...

Que lindaaaa!!! Você, meu amigo, supera-se a cada letra digitada. Tanta linda inspiração! Pura louvação!Abração!

lis disse...

Essa certeza é boa Paulo
nao terminou ...
" mais prosa/mais conversa
poesia" , sempre ela...
lindo poema pra uma noite sem telefonema... rs
fique bem
meu abraço

Paula Moraes disse...

Oi Paulo, obrigada por estar sempre me dando o prazer da sua visita.
Ando meio ausente. mas prometo melhorar...
Belo poema, bem leve.
Abs

isa disse...

Cada vez "mais" Poeta,meu Amigo.
Beijo.
isa.

Multiolhares disse...

se não terminou
tudo pode acontecer
bjs

Eva Sabbado disse...

Que show, parabéns! bjos.

O verdadeiro Amor!!! disse...

Adorei o poema!
Cada dia mais lindo!
Beijos.