TELESCÓPIO











Olho calmamente cada milímetro existente
Num campo escolhido por mim
Observo cada brilho ali contido
A procura de um brilho só seu
Descubro que é inútil a minha busca
Pois não preciso encontrar o que já tenho
O brilho de seu olhar, a luminosidade de seu sorriso
O arder de seu corpo, a claridade de sua alma.
Não preciso de um telescópio
Quando tenho o seu olhar
só pra mim.

Um comentário:

Simone MartinS2 disse...

"...tens no meu olhar a visão da minha alma...transparente e pura!"
Abraços