DESCOBERTA




















Não olho ao espelho
evito enxergar-me
morro de medo
da descoberta
não olho o meu interior
pois definho numa solidão
numa paixão
sem fim...
não olho mais ao espelho
evito enxergar-te
dentro de mim
não abro meus olhos
estou cego
cego de medo
medo de ti

2 comentários:

Encantadora de Abelhas disse...

Não, amigo!
Abra bem os olhos, verás o quanto é belo, vc e seu sentir!
É permitido permitir!
Bom feriado pra vc!
Bj

Graça Pereira disse...

Quando se descobre o amor dentro de nós...teremos de abrir bem os olhos e usufruir todo o nosso sentimento sem perda de tempo!
Beijo amigo
Graça