Sereno e Sereia




(Para Catia Bosso)

Quarta-leve
nas mãos
e garganta
do pesado
jazzístico
Ed.
Ed. Motta.
Quarta-boa
de chopes
claro e escuro
Do outro lado
a poetisa
brinda com taça
de vinho
a poesia da vida.
Quarta-mágica
na voz do cantor
Quarta-amada
nas palavras da poeta
Catita..

11 comentários:

Lola disse...

Que lindo te ler.
Li também a Catita
com sua taça e seu vinho
e seu carinho...

Rô... disse...

oi meu amigo,

que linda quarta,
que lindas palavras,
que gostoso passar aqui...

beijinhos

Majoli disse...

Lindas palavras em homenagem à Catita.

Beijos de uma boa quinta pra você Paulo.

Catia Bosso disse...

Estar aqui no Varanda e ainda ser citada na poesia de quem sou fã.... é um LUXO!!!! rs
Dizem que a bebida mexe com a gente, agora acredito que sim...

bjsssssss meussssss

Grata!!!

Catita

✿ chica disse...

Que lindo!!!Adorei! abração,chica

✿ chica disse...

Esqueci, também li e gostei por lá na Catita!

Vera Lúcia disse...


Catita deve estar sorrindo diante desta homenagem. Vou passar lá para conferir.

Pelo visto, uma quarta realmente mágica. E foi lindamente descrita.

Beijo.

Vanessa Vieira disse...

Lindo demais!!!

A poetisa
brinda com a taça de vinho!!!

Que demais!!!

Saudações poeta.
Bom vir aqui e ler teus versos!

Beijos!

Suzane Weck disse...

Lindo poema para Catia.Poesia é sempre o melhor presente a ser recebido.Vou até la,parabeniza-la.Meu abraço e um excelente fim de semana.SU.

Maria Luiza disse...

Catita deve estar inflada de alegria com essa poesia tão gostosinha que atiçou todos os sentidos. Paulo, que não só suas quartas sejam lindas, mas que em todos os dias de sua vida ela possa te fazer feliz! Meu abraço!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Venho do blogue da Catita e passei para ler este poema homenagem...Lindo.

Um beijinho
Sonhadora