NADA VALEU


























Nada valeu...
Pedidos incessantes
choro soluçante

Nada valeu...
Pernas dobradas
mãos entrelaçadas
palavras suplicantes

Nada valeu...
Pele arranhada
roupa rasgada
silêncio quebrado

Nada valeu...
Rosário de promessas
atirar-se pela janela
Nada valeu

Nada valeu...
Desgraça anunciada
o amor morreu....

Paulo Francisco

Nenhum comentário: