Despetalada






Na sombra do ipê
chuva lilás
em nossas cabeças.

11 comentários:

Anne Lieri disse...

Que lindo,Paulo!Adoro ipês,chuva e lilás!bjs e meu carinho!

Eva Sabbado disse...

Ficaria admirando infinitamente, lindo demais, parabéns pelo post, beijos.

isa disse...

Que beleza!
A cor, o ipê,o tapete de pétalas...
Beijo.
isa.

Cris Campos disse...

...Anunciando a primavera! Aqui no Planalto temos chuva lilás, branca, amarela, rosa, é um verdadeiro show! Lembra daquela canção?
"vede o pé do ipê
apenasmente flora
revolucionariamente
apenso ao pé da serra.."

http://www.youtube.com/watch?v=fVexTIoTznE&feature=player_embedded

Bjooo!

Gladys disse...

Hola amigo que belleza muy hermosa entrada.

Besos que estés muy bien querido amigo.

Majoli disse...

Paulo, antes de falar sobre "Despetalada", quero te parabenizar pela escolha do vídeo.
Ney Matogrosso interpretando "Poema" é algo de encantador.
Tanto a letra, quanto a melodia, são lindas por demais.
AMO!!

Essa foto escolhida pra estar junto ao teu haicai, é MAREVILHOSA.
Uma chuva lilás, sobre minha cabeça, seria bem vinda.
Tudo muito lindo.

Beijos.

Catia Bosso disse...

Que seja!

bjs meus

CAt

Majoli disse...

Paulo, isso não é um comentário, tá bom?
Estava na minha página do google+ e te vi por lá.
Li em uma postagem sua que perdeu os seguidores do teu blog, como isso aconteceu comigo também e depois de tanto procurar solução nos tópicos da net, encontrei a resposta em um blog.
Se o seu problema for o mesmo que o meu, o gadget seguidores simplesmente desapareceu, te darei a dica e espero que contigo funcione também.
Aqui vai a dica:
"Experimente trocar o nome do blog. Tipo, meu blog é Rabiscos da Alma, troque por qualquer outro, veja se resolve.
Daí volta ao nome real, entende?
Para mim deu certo."

Beijos.

Vera Lúcia disse...



Acho os ipês encantadores, em suas diversas cores.
Um encanto de haikai.

Beijo.

Suzane Weck disse...

Belíssimo post.Meu grande abraço.SU.

Maria Luiza disse...

Estive ontem debaixo de uma chuva amarela, procurando a sombra do ipê.
Abraços!