Quase tudo

Restou-me a voz
Restaram-me também os olhos
o som
a cor
Restou-me praticamente tudo
Praticamente tudo...mas não tudo
Há cicatrizes na pele da alma
Marcas profundas tatuadas
nas minhas retinas difusas.
Repito:
Restou-me praticamente tudo
Mas não tudo
Falta o que me foi tirado
e que jamais será recuperado.


Paulo Francisco


2 comentários:

nelma ladeira disse...

Oi Paulo!!Daria tudo para saber o tiraram de você!!
Beijinhos.

nelma ladeira disse...

Obs: O que tiraram de você!!