EXPURGO
















Todo medo

Todo pavor

Toda repulsa

Toda náusea

Todo rancor

Todo temor

Toda ânsia

Toda melancolia

Expurgados de mim

Leve estou.

Leve ficarei.

Leve, muito leve...

Serei.

5 comentários:

Flor da Vida disse...

E que continue sempre assim, feliz da vida! Que lindo amigo! Carinhos... Bjsss

valeria soares disse...

Traidor!!! Lindo poema.

FlorAlpina disse...

Bonito poema!

Passarei com mais tempo para conhecer melhor o seu blogue.

obrigado pela vista lá no meu cantinho

Abraço dos Alpes

Não me perder em minha vida disse...

A dor nos faz escrever, leves expurgados de alma lavada para voltar a amar. É isso, vou tentar.

Suzi disse...

.

Expurgar o ruim... leve ficar... a alma voar.

Assim me farei.

Encantador o teu blog. Amo as palavras, embora não as sabendo usar, apenas admirando e lendo quem assim o faz.

Deixo sorrisos. Levo encantos.

.
.