EXPECTANTE















Bato palmas ritmadas
espanto a tristeza
pra longe de mim
Em passos fortes
cadenciados
empurro pro lado
quem nunca me amou
De braços abertos
danço!
[a contento]
esperando o abraço
de um novo amor
Sou filho do sol
irmão do vento
lanço meus raios
navego no tempo
de um novo querer