Campo de trigo



Na certeza da despedida
- cerveja
pra lembrar a beleza
daqueles dias
cevados.

Paulo Francisco

11 comentários:

Cris Campos disse...

Sabe que já quase não me lembro dos meus dias cevados de outrora? rsrs
Ótimo finalzinho da semana pra ti meu querido e um Gr. Bj.!

Gladys disse...

Muy bella entrada divinas espigas de trigo y bellas y sabias palabras.

Un gran abrazo.

Célia Maria de Sousa Arruda Jacobino disse...

Oi!
Com certeza e com cerveja, como é bom.
Obrigado por visitar meu humilde cantinho.
Bjos.

Michele Pupo disse...

E acenou, já na esquina:
- A gente "cevê".

:)

Bjs

Rô... disse...

oi meu amigo,

e se não tiver cerveja?

mesmo em campos cevados,
prefiro momentos regados com um bom vinho...

beijinhos

*Escritora de Artes* disse...

Com cerveja, principalmente aos finais de semana, os dias cevados nem serão lembrados, rsrs

Abçs querido amigo

Pitanga Doce disse...

Hei Paulo! Na despedida fez um dia lindo...já dizia Fagner.

lis disse...

Amo os campos de trigo, é só essa certeza!
em despedidas agendo a volta...
e pra voce mando um abraço bem aconchegante _ de chegada.

Vivian Fernandes de Goes disse...

Apesar de não gostar de cerveja me encantei com este poema!Na beleza das combinações de palavras!
Lindo.
Beijos!

isa disse...

Eu gosto de cerveja bem geladinha!
E a ideia é belíssima!
Beijo.
isa.

Janice Adja disse...

Um final de semana igual ao meu.
Muita cevada.
Beijos!!!!