FOGO




















Todos os beijos!
molhados
sequinhos
estalados
grudadinhos
Beijos comportados
assoprados
guardados
roubados
escondidinhos
Todos os beijos!
na testa dados pela tia
no queixo acompanhado
com uma mordidinha
nas bochechas entre dois amigos
no pescoço depois de um cheiro

Beijos assanhados
acompanhados de muitas mãos
Beijo de encontro / de despedida
Beijo que ferve, que dá partida
Beijo na nuca, que arrepia
Beijo de esquimó
Beijo que sara a dor
Beijo que explora
Beijo que marca território
Beijo que levita
e que tira o sapato
Beijo que te leva à lua
Beijo que te deixa nua
Enfim, todos os beijos
eu quero pra mim...

4 comentários:

Rosane Marega disse...

O beijo que beija o beijo.
BeijooOOOOO

Graça Pereira disse...

Não estás a pedir demais?
Gostei deste beijo!
beijocas então para ti.
Graça

Zéia disse...

Meu beijo com sabor da sua poesia. Beijos!!!

JB disse...

E que belo beijo... poético!

É mesmo "fogo que arde sem se ver"!

É... o beijo que beija o beijo de quem beija!:)

Lindo, Paulo!

Beijinho