Composição



Ainda farei um samba - um samba rasgado
cheio de pecado/ cheio de emoção/cheio de perdão/ de alma rasgada/de vida ingrata/de dupla traição.
Ainda farei uma canção – um samba – um samba canção
Ainda farei um samba – um samba de amor - meu amor.
Cheio de esperança/cheio de verdade/ cheio de paixão/ cheio de céus e luares.
Ainda te farei uma canção – uma canção de nós dois.
Um samba sagrado
Meu AMOR.

6 comentários:

✿ chica disse...

Muito lindo!!"Belo poema! abração,chica, lindo domingo!

nelma ladeira disse...

Oi bom dia!Adorei o seu poema.
Eu já estava com saudades de entrar em seu blog,e encontrar essas lindas palavras amei!
Beijinhos.

Graça Pereira disse...

Um samba sagrado? Concordo! E se juntarmos o choro de uma guitarra...na vida de um fado?
Afinal, a vida situa-se entre uma boa gargalhada com ritmo e uma lágrima dolorida...
Gostei. Avisa-me quando o samba estiver pronto...
beijo e boa semana.
Graça

Lau Milesi disse...

Que coisa mais linda, Paulo! Dá pra fazer/ musicar um chorinho num cavaquinho.:) Parabéns!!

p.s. Obrigada por sua força num momento em que não gostaria -JAMAIS- de ter de/que dividir com os @migos virtuais e os verdadeiros-os que recohecemos nessas horas.Obrigada mesmo.


Um abraço grande,Paulo.
Lau e família.

Assis Freitas disse...

contemplo a varanda neste samba rasgado


abraço

Caroline Godtbil disse...

Queria ouvir essa letra musicada...
Tava com saudades de te ler.
Beijos.