TERNURA


















Eu queria fazer pra ti um poema
Construir uma pista estrelar
Ver-te navegar em brumas macias
Eu queria fazer pra ti
uma canção que falasse de mim
de nós
de nosso amor
Eu queria te dá um laço amarelo
e junto a ele meus passos
Sei que é tão fácil presentear-te
com lua
com cores
e com estrelas.
Mas sabe, é só com você
que eu me sinto assim:
querendo falar de mim
confessar pecados
É só pra você que deixo recado no celular
É só com você que falo de vida
que falo de morte
[tenho sorte
e sou feliz]
Sabe, queria fazer pra ti um novo mundo
sempre teriam flores
a chuva cairia macia
o sol jamais desistiria
a lua não se esconderia
e as estrelas desceriam pra enfeitar o seu caminho
Neste mundo nosso não existiria dor
teriam cores
azul
vermelho
lilás
Neste mundo nosso
serei poeta
você, musa
Neste mundo que construo
seremos duo
não terás portas secretas
nem janelas indiscretas
Neste mundo que tanto quero
Quero-te só pra mim.

10 comentários:

Ma Ferreira disse...

Uma ternurinha o seu poema!!
Lindinho!! amei!!

Bj

Sandra Botelho disse...

Lindo , suave e doce.
Como são os poetas apaixonados.
Bjos achocolatados

Nita disse...

É sempre um prazer voltar aqui!

Um beijo da Nita. Hoje de boa noite!

Ivone Poemas disse...

Ah, como é bom amar!
Todos os poemas são almas amando assim como a sua!!!
Abraços e lindos versos ao amor!!!
Ivone

blog da Paraguassu disse...

Olá Paulo Francisco,
Para começar, estranhei o novo visual.
Estás com um jeito mais senhoril, mais
sério, mais (vou ter que dizer) velho.
Gostava tanto do outro visual!
Quanto ao seu poema, adorei. São versos de alguém muito apaixonado. Sua musa está de parabéns! És um poeta realmente
cheio de amor e sensibilidade.
Um grande beijo,
Maria Paraguassu.

Gisa disse...

Uma declaração de amor dessas é de suspirar...
Linda!
Um grande bj

maria teresa disse...

O poema é muitíssimo ternurento e a imagem que o acompanha é encantadora:):):)
Abracinho meu

lis disse...

... e nao haverá depois!
"a vida que eu teria dado e recebido, se todas as coisas nao fossem assim: urgentes e bocados"
querer só pra si já é tudo !
desejamos todas um poeta pra nos dizer " sem portas secretas "que somos assim - mais flor que mulher rsrs
abraços Paulo
como sempre, excelente!

Simone MartinS2 disse...

Quero ver-te correndo por entre as flores coloridas de meu jardim e assim, poder ver-te totalmente feliz...seguiremos juntos até o fim do arco iris, onde, misturados a tuas cores viveremos dias inteiros sorrindo, felizes...me empolguei como sempre...hoje me emocionei...abraços

Rô... disse...

oi Paulo,

quando encontramos,
nossa metade,
somos capazes de tudo,
mudar hábitos,
pintar o céu com cores,
revelar nossos sentimentos,
ah,
o amor...

beijinhos