Eu sei...




No texto anterior eu citei vários poetas, entre eles, Vinicius. Poeta que canta o amor. O meu primeiro contato com as obras dele não foi pelos livros, foi pelas canções. Depois, muito depois, foi que eu li os seus textos e a cada poema lido, um encantamento. O barato de tudo, ainda moleque, era saber que o camarada era o CARA - Diplomata e Poeta.
Quando  ouvi pela primeira vez a canção ¨Eu sei que vou te amar¨,  achei que um dia a cantaria ou a recitaria baixinho no ouvido de uma mulher amada. Cantei e recitei várias músicas e poemas por aí, mas nunca a canção do poetinha.
Nunca recitei um poema meu em público, os meus, eu os escrevo. Mas leio textos dos meus favoritos, principalmente para os adolescentes. Já li textos, para esses eventos patrocinados por escolas públicas, até mesmo, de alguns blogueiros que sigo. Acho legal mostrar para a galera que computador é mais que jogos, face e site de sacanagem. Eu sei que é duro competir com eles, mas faço a minha parte.
Eu vivo dizendo que cantei aos ouvidos femininos. Mas nunca disse ou se disse não me lembro, que já cantaram para mim. Foi por causa da canção cantada baixinho, sussurrante em minha orelha, que passei a prestar mais atenção nas letras de Roberto e Erasmo.
Ainda estava no primeiro ano do ensino médio, naquela época chamado de científico, quando conheci uma menina chamada Rosália e passamos a namorar somente às quartas-feiras depois da aula - o motivo vale outra crônica. E foi na mesa de um bar, junto a galera da cerveja, que ela, a namorada-escolar, cantou ¨Olha¨ na minha orelha. Pronto, alguém, um dia, cantou uma canção romântica para mim. Fiquei todo bobo e arrepiado.
Eu não sei se cantaria de novo para uma mulher. A única coisa que eu sei é que não cantaria a música de Vinicius, mencionada no texto. Esta,  já cantei. E não foi para uma mulher, foi para o meu maior amor.  Cantei esta canção para o João Gabriel. Cantei quando ele estava em meus braços, dormindo como um anjo; cantei sabendo que ele era um novo amor surgido em minha vida e pra sempre; cantei por amá-lo incondicionalmente. Cantei, canto e cantarei por todo o sempre.
Eu sei que vou te amar por toda minha vida, João Gabriel, meu filho.

37 comentários:

✿ chica disse...

Lindo e emocionante...abração,chica

Sol. disse...

Oi sou eu outra vez,nossa vc agora superou todas as emoções possíveis.
Lindo muito lindo!!Adoro entrar e poder lê essas lindas postagem é maravilhoso.
Beijinhos.

Tunin disse...

Maravilhosamente tocante.
Abração.

Vera Lúcia disse...

Que delícia de crônica, Paulo.
LINDA!

Para um filho esta canção pode ser cantada sem margem de erro, pois acredito que o único amor com garantia de eternidade é aquele que se sente por um filho.

Grande abraço.

silvioafonso disse...

.




Se não for pedir muito,
volte ao Bar do Escritor;
http://bardoescritor.blogspot.com.br/
porque lá eu agradeci a
sua presença e o discur-
so que fez pra mim.

Um abraço e obrigado.

Palhaço Poeta
silvioafonso








.

Anne Lieri disse...

Que lindo texto,Paulo!Musica especial para o João,com certeza!Muito gostoso ler suas histórias!Tb conheci Vinicius nas musicas primeiro e essa canção tocou no meu casamento!...rss...bjs e meu carinho!

Aclim disse...

Ainda existem pessoas com amor no coração. O mundo não está de todo perdido. Creio.

Abçs

Pitanga Doce disse...

"Quando ouvi pela primeira vez a canção ¨Eu sei que vou te amar¨, achei que um dia a cantaria ou a recitaria baixinho no ouvido de uma mulher amada." Pois é Paulo, um dia ouvi isso de alguém e saiba que fui eu a escolhida depois de tantos anos. Já pensaste quantas pessoas tiveram essa sorte? As que escolheram e as que ouviram a música? Ah, Poetinha! E ainda fazia anos no mesmo dia que eu!

♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Boa noite Paulo querido


É incrivél, mas eu cantava essa música pra fazer minnha filha dormir quando ela era bebê e ainda canto quando estou com saudades do tempo que ela era pequenininha...

Beijos
Ani

ELAINE disse...

Paulo, essa composição do Vinícius é muito linda e expressiva! E você, meu amigo... um dos últimos românticos, ainda com um amoroso coração de pai! Lindo! Uma sexta-feira abençoada! Abraço carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Aleatoriamente disse...

Há coisas que eternizam na gente e ficam lá fazendo morada, esperando o momento certo ara sair e ser compartilhada.O amor faz muitos milagres, . E um deles é sentir , que tudo podemos quando amamos. Amei teu texto Paulo.Principalmente pela declaração misturada tua e de Vinicios a teu filhote.

Beijão

Majoli disse...

Quanta emoção!!
Também eu cantarei, sempre, sempre, para o Marco Antonio, Marco Aurelio e João Antonio (meus filhos), canções que declarem meu amor incondicional pelos três, pois "eu sei que vou amá-los, por toda minha vida eu vou amá-los!"

Beijos Paulo.

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Paulo. Excelente e emocionante texto. Os amores muitas vezes passam, transformam-se, mas o amor que temos para com nosso filho é imutável.
Amor assim emociona!
Verdadeiro amor, e a música, linda demais!
Parabéns, e fique na paz!

MARILENE disse...

Sempre admirei os seus escrito, mas hoje você provocou um turbilhão de sentimentos em mim. Emocionou-me com essa declaração de amor que supera qualquer outra passível de realização pelo ser humano. Lindo texto!
Bjs.

Evanir disse...

Meu Querido Amigo.
Confesso fiquei emocionada lendo seu texto .
A gente só conhece o grande amor das nossas vidas quando pegamos nos braços nossos filhos.
Em principio sempre achamos que nunca existira amor maior do que da mãe esposa ou marido.
Até que um dia pegamos nos braços um pedacinho de gente que muda nossa vida pra sempre.
Amigo te agradeço o carinho da sua visita e suas palavras confortantes.
Feliz final de semana beijos.
Evanir..

Valéria disse...

Oi Paulo!
Primeiro obrigada por sua gentil visita ao meu blog e segundo, amei seu texto, suave e verdadeiro. Pelas músicas, pelo texto e por este lindo amor pelo Gabriel mostram que você tem muirta sensibilidade.
Seja bem vindo!
Abraço!

Ana Martins disse...

Paulo, boa noite!
O amor pelos filhos é incondicional, eterno, lindo texto!

Beijinho,
Ana Martins

AFRICA EM POESIA disse...

lindo adorei o Amor é assim...

deixo poesia e o convite: passa no meu blog de dedais...

Consenso

Consenso é palavra bonita
Que muita gente pergunta
O que dizer?
Pois consenso é muitas vezes
Apenas uma palavra de dicionário


Consenso - certeza
Consenso - equilíbrio
Consenso - anuência
Consenso - Tanta coisa...


Mas no dia a dia
Não sinto nenhum consenso,
ao nosso redor...
E é pena...
Pois consenso...
É apenas o pouco ou nada.
Ter ideias e partilhá-las
E respeitar as do outro lado
E nas duas partes
Surge o consenso!
Que afinal...
É tão fácil de conseguir!...
É só preciso... querer!...


LILI LARANJO

Sonhadora disse...

Meu amigo

Um texto emocionante...não há amor no mundo maior que o que temos pelos filhos...são o nosso altar.

Um beijinho
Sonhadora

lis disse...

Ninar o filhote cantando Vinicius com a música mais linda que conheço é D+ !
gosto de ver esse paizão babão! rs
abraço

ELAINE disse...

Passando pra ver como está o amigo! Um sábado abençoado! Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Pelos caminhos da vida. disse...

Lindo, lindo...

Bom fim de semana e obrigado pela sua visita, espero que volte mais vezes.

beijooo.

MA FERREIRA disse...

Paulo..que lindo teu texto!
Peno que não é a gente que encontra o amor..ele que nos encontra quando menos esperamos.
E amor pelos filhos é incondicional..
Pela minha lovezinha pago qualquer mico..rs e ja paguei alguns..rs

Um beijo..bom final de semana..
Gosto muito de ler textos em primeira pessoa. Assim ficamos conhecendo mais nossa amigos.

Evanir disse...

Hoje estou passando no seu blog
para agradecer o carinho deixado no meu blog.
Estou feliz em saber o quanto posso contar com sua amizade
o quanto é maravilhoso uma amizade verdadeira .
Minha luta não foi em vão e muitos menos em vão
foi acreditar que ainda existe pessoas de coração puro e abençoado por Deus.
Meu eterno agradecimento por estar do meu lado sempre
mesmo por vezes eu estar um pouco ausente você nunca esquece de mim.
Um Domingo feliz para você e sua familia.
Beijos no seu coração.
Com carinho,,Evanir.

Djalma CMF disse...

Os filhos são tremendos, mexem com as nossas emoções. Eu cantava para a minha minúscula filhinha a canção de Caetano Veloso, que dizia assim: você é linda mais que demais, você é linda sim... Parabéns poeta, um forte abraço.

Dalinha Catunda disse...

Olá Paulo,
Lindo seus sentimentos, seu texto, seu olhar diante do computador.
Um abraço,
Dalinha

Não me perder em minha vida disse...

Gosto muito de ler você. Continua falando baixinho em meu coração

Vivian disse...

Bom dia,Paulo!!

Lindo texto!!!!!
Impossível não ficar emocionada,sabe, cantei esta música"Eu sei que vou te amar" para o meu filho também...quando ele ainda estava na minha barriga, e depois quando ele nasceu...É um sentimento inexplicável.
Beijos!Boa semana!

Cris Campos disse...

Ah os filhos! Esses realmente amamos por toda nossa vida... Muito linda essa canção Paulo, quando a ouvi pela primeira vez foi mais ou menos na mesma época que vç citou, na adolescência, fiquei simplesmente encantada e apaixonada! Ouvi-la novamente aqui, lendo teu texto tão sincero me emocionou e me levou a um tempo já passado que me marcou muito. Gostei do que escreveste. Gr. Bj. Paulo!

Marly Bastos disse...

Paulo,
Que crônica linda e a música do Vinícius, acho que realmente deveria ser cantada somente para os filhos, pois esses são para sempre e com um amor incondicional.
Mas, sabe eu acho que "olha", cantado pra gente, deixa qualquer um bobo. Eu ficaria com certeza, ouvir alguém cantando e olhando pra mim
"Olha, você tem todas as coisas que um dia eu sonhei pra mim..."
Ahhhhhhh fiquei boba também com o seu comentário, dizendo que eu sou umas das suas escritoras preferias por aqui! Ameeiiiiii Paulo, até senti que ovulei! Massageou meu ego que anda reprimido pelo superego!
beijokas doces e uma semana maravilhosa.

lis disse...

...deixando um abraço e carinho enquanto espero outras declarações poéticas por aqui.

BlueShell disse...

Lindíssimo,
Os meus parabéns,

Meu beijo matinal
BShell

Aleatoriamente disse...

no começo Vinicius, pegava textos do seu pai e dizia que era dele rsrsr. Mas a poesia quando é vinda de dentro brota lindamente né?

Beijão querido

ELAINE disse...

Passando pra agradecer o carinho e desejar uma excelente terça-feira! Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Sandra Botelho disse...

Que lindo...Nossos filhos são sim, nossos maiores amores...Amore incondicionais e eternos. Lindo texto meu poeta. Bjos achocolatados

Eva Sabbado disse...

Que emoção, filho é o que mais emociona a gente, parabéns, senti daqui, um arrepio, hehe, bjos. bom findi!Ah, que bom que gostas das musicas...

Ascenção disse...

Oi Paulo,os filhos....amamos e amamos chorei imaginando o João em seus braços,porque eles têm que crescer?beijos